Optikad

Tecnologia de ponta para sala de corte e confecção industrial

 

OPTITEX VEIO PARA FICAR

Novidade no país, software CAD 3D promete agitar o mercado confeccionista

Quem já assistiu ao programa da TV a cabo “Tim Gunn – Guru de Estilo”, lembra que o apresentador submete as suas ‘ajudadas’ a um body scanner que mostra numa tela gigante um boneco suas medidas e proporções reais, com o que veste bem ou não, já pode ter uma idéia do que o software OptiTex pode fazer. Criado há mais de 20 anos em Israel, o OptiTex foi um dos primeiros softwares CAD/CAM em 2D e 3D que trabalha com a plataforma Microsoft Windows®, direcionado à indústria de confecção e de moda, mas também amplamente utilizado nos setores automobilístico, aéreo, moveleiro, educacional, entre outros.

Distribuído no Brasil exclusivamente pela Optikad, o software 3D está em fase de implantação em algumas grandes empresas, mas seu lançamento oficial no país está previsto para janeiro de 2011, já na versão 11.

De acordo com Carlos Eduardo N. Severo, diretor da Optikad, o 3D é uma tecnologia de alto custo e embute milhões de dólares em investimentos. Hoje o OptiTex possui acima de 30 mil usuários, e é considerado o software mais preciso e amigável e possui o melhor Encaixador Inteligente do mercado, com economia de tempo, matéria-prima e mão-de-obra. São várias as ferramentas oferecidas pela OptiTex, como: costura virtual das peças; ajuste automático dos moldes; conversão de arquivos para outros sistemas; e muitas outras.

“É, sem dúvidas, o CAD mais fácil de usar e com resultado mais confiável; é muito difícil chegar-se ao mesmo resultado que ele” avalia Carlos.

Ele explica que, enquanto o CAD 2D funciona como modelagem, o 3D executa a pilotagem da peça, ou seja, o software mostra o caimento da peça com o tecido, gramatura, elasticidade e costuras escolhidos pelo usuário.

Quanto ao Sistema 3D, este trabalha integrado ao Sistema CAD mostrando simultaneamente a Modelagem da roupa (Figura 1) e seu resultado no corpo do manequim. Ou seja, à medida que são feitos ajustes de caimento na modelagem, a roupa vai se ajustando automaticamente no corpo do manequim, cujo resultado final é a Peça Piloto (Figura 2). A partir daí, muitos outros recursos ficam disponíveis, tais como: desfile virtual em 3D; conversão do modelo 3D para uma peça em 2D. Isso se aplica amplamente na indústria automobilística, como mostra a Figura 3, onde praticamente 100% dessas empresas se utilizam do nosso sistema” diz Carlos Eduardo.

Ele conta que toda uma coleção pode ser montada nos bonecos, com tecidos, texturas, transparência, cores e estampas. Com o 3D Runway, software de uso público, que representantes do fabricante podem baixar gratuitamente, eles podem assistir a um desfile virtual, analisar as peças antes mesmo de serem produzidas, fazer sugestões virtuais, e até mesmo efetuar um pedido de compra em tempo real, o que torna o 3D numa poderosa ferramenta de marketing.

Portanto, evita desperdício de tempo e material na elaboração das Peças Piloto, integra toda a estrutura de venda durante o processo de desenvolvimento da coleção e reduz significativamente modelos indesejáveis, evitando os famosos “micos” ou peças encalhadas.

Algumas grandes marcas no Brasil e no mundo que utilizam produtos OptiTex: Adidas, Hugo Boss, New Balance, Tommy Hilfiger, Disney, Audi, BMW, Porsche, Líder, Etna, Cuecas Duomo, e muitas outras.